Seja bem vindo! O Pinguim é o seu anfitrião!

Aqui você encontra aulas de música, crônicas do dia a dia e a tira Mondo Penguim. Utilize a seção "Marcadores" ao lado para ir direto ao que lhe interessa.

E fique à vontade! A casa é sua!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Inexatidão

Meu amigo cometeu um erro. Ele não teve intenção, mas mesmo assim o fez, num momento de extrema ingenuidade. Seu erro teve consequencias que poderiam levá-lo a perder uma amizade e a confiança de seus superiores. Por conta de seu erro, foi humilhado. Sentiu-se mal, triste, massacrado, e, mesmo depois de tudo isso, ainda foi humilhado mais um pouquinho.

Não foi fácil para mim ver a situação se desenrolar. Isso porque sou amigo de todos os envolvidos. Mas, principalmente, não foi fácil ver a tristeza nos olhos desse amigo em especial. Não foi fácil não saber o que dizer para consola-lo, nem ter que lidar com o sentimento de impotência diante de tudo.

Mas agora que tudo se passou, é o momento de refletir:

1 - Fiquei admirado de ver meu amigo assumir tudo que fez sem inventar nenhuma desculpa ou historinha para tentar se justificar. Essa coragem não é para qualquer um.

2 - Percebi que ele aprendeu uma lição que pode lhe evitar problemas muito maiores no futuro. Isso não tem preço.

3 - Observei o poder da verdadeira sinceridade ao ver meu amigo pedir desculpas pelo mal que poderia ter causado a um dos envolvidos.

4 - Notei o poder da verdade no coração dos homens de bem quando entenderam que meu amigo não errou por maldade.

Errar faz parte do ser humano. Mas o maior erro que podemos cometer é não aprender com nossos próprios erros. O erro é uma oportunidade que Deus nos dá de aprendermos novos caminhos.

11 comentários:

Cris Seixas disse...

olá meu caro...

ja que vc gosta de animaçõe, vai gostar dessa.

o que vc me diz do Yamaha MM6?
vc teria algum material ai sobre a digitaçao das escalas modais?

um forte abraço

fique com Deus

Alessandro disse...

Cris,

O MM6 é um excelente teclado. Tem timbres lindos de pianos elétricos, strings, etc. Ainda não tinha ouvido pianos elétricos tão bons. Deixa a desejar somente no piano acústico onde, na minha opinião, a Roland se sai melhor.

No entanto, vi o Jamal Hartwell tocando num Motif (que tem os mesmos timbres do MM6) e o som do piano acustico parecia melhor. Talvez ele tenha editado o timbre ou usado um sampler.

A diferença do MM6 para o Motif é que o MM6 não tem sampler e isso faz uma diferença danada no preço. Eu optei pelo MM6 porque realmente não me interesso em mexer com samplers.

As teclas do MM6 são muito boas. Mas se você prefere teclas de piano, tem o MM8. Toquei nos dois na hora da compra e acabei ficando com o MM6 mesmo pelo fato dele ser infinitamente mais leve e o que eu estava procurando era um teclado fácil de transportar.

Quanto às escalas modais que você me perguntou, escrevi para o seu email.

Um abraço e que Deus te abençoe!

marcelo disse...

mm6 ou m06?

Alessandro disse...

MO6, Marcelão...

Influenciado pelo comentário da Cris, escrevi MM6 o tempo todo :P

Um abraço, amigo!

marcelo disse...

é... mas o mm8 tem teclas de piano ou vc se referia ao m08? o som do piano do mm6 vc disse que é o mesmo do motif... o piano do motif xs8 por exemplo eu acho excelente.... se for o mesmo, por 1/4 do preço vale muito a pena o mm6

Alessandro disse...

Que confusão esse negógio de MM e MO, hein?

Eu estava falando o MO8. E quanto aos sons, gostar de um timbre é algo muito pessoal.

No meu caso, eu gosto mais do piano acústico da Roland. Mas isso não quer dizer que o da Yamaha seja ruim, entendeu?

E em relação a preço, se você não se interessa muito por mexer com samplers, a linha MO é a melhor relação custo benefício.

Um abraço, amigo!

marcelo disse...

não querendo ser chato....
mas kd as atualizações??...

Alessandro disse...

Obrigado por perguntar, Marcelão.

Estou passando por uma esmagadora falta de tempo. Mas as coisas vão se normalizar em breve.

Um abraço, amigo!

amigodcristo disse...

Saudações e paz seja contigo meu querido irmão Alessandro...!!!
Amém ...experiência facinante,,, os erros que cometemos despropósitalmente e reconhecemos que poderia ser evitado, e redimimos a conciênciana humildade, e assumimos o erro, meu amado as consequencias dessas virtudes é mais do um passo rumo ao crecimento, é algo divino, é uma grande lição para todos nós... meu querido irmão adorei seu texto...Alessandro deixo aqui a Paz de Jesus para ti e familia...que seus passos seja todos Luminados pelo senhor!!!!

Beckenbauer disse...

EM FIM ,VOU COMPRAR UM MM8,PREFERIA UM M08,MAIS A FAICHETARIA DE PREÇO QUE EU POSSO NO MOMENTO É O MM8 MESMO KKKK... SOUBE SER UM EXCELENTE TECLADO,GOSTO DO PÊSO DAS TECLAS E TAMBÉM DO PÊSO,NUMERO DE TECLAS E TAMANHO DO EQUIPAMENTO.TOU APRENDENDO AINDA E ACHO QUE TOU SAINDO COM O PRIMEIRO TECLADO UMA BOA ESCOLHA.O QUE ACHAM?

Alessandro disse...

Você deve comprar o teclado que mais lhe agradar em relação a timbres, teclas e recursos. Se você gostou do MM8, vai fundo!

Deus te abençoe!