Seja bem vindo! O Pinguim é o seu anfitrião!

Aqui você encontra aulas de música, crônicas do dia a dia e a tira Mondo Penguim. Utilize a seção "Marcadores" ao lado para ir direto ao que lhe interessa.

E fique à vontade! A casa é sua!

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Tira 002

Mal tinha acabado de escrever o post de ontem sobre os anos 1980, vi a reportagem na TV sobre a morte de Michael Jackson, outro ícone daqueles tempos. Eu, particularmente nunca fui fã dele mas via um monte de gente querendo imitar o cara, fosse na dança ou no visual. Além disso todo mundo curtia o seu clip mais famoso "Thriller" com aqueles monstros dançando de forma coreografada e criativa.

O pobre Michael que contribuiu tanto para a cultura pop agora se vai sem levar nada. Foi alvo de inúmeras acusações, carregava um semblante triste e muitas vezes meteu os pés pelas mãos. Sua aparência no final de seus dias era assustadora, assim como era assustador o tamanho de suas posses. Michael passou a vida procurando por algo que talvez nunca tenha encontrado.

Certa vez alguém disse que todo homem nasce com um buraco dentro de si. E muitos gastam muito tempo tentando preencher esse buraco, muitas vezes enchendo-o demais, outras vezes enchendo-o de menos. Mas nunca na medida certa.

Isso porque esse buraco tem o tamanho exato de Deus. Só Ele cabe lá.


(clique na imagem para ampliar)

Um comentário:

Claudemir disse...

É verdade... Sem falar que o tempo passa e se não tomarmos cuidado em conhecer o que realmente interessa(Jesus), nos tornamos estranhos em uma geração que já não é nossa! E lá se vai o Michael e lá se vai uma das panteras e lá se vão outros de nossa geração...